Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

sábado, 24 de janeiro de 2009

David Ricardo - Princípios de Economia Política e Tributação

Economista inglês (4/1772-11/9/1823). É autor da teoria do trabalho como valor, um dos fundadores da ciência econômica. Nasceu em Londres, filho de judeus holandeses. Deixou a escola aos 14 anos para trabalhar com o pai como corretor na bolsa de valores, atividade que lhe rendeu prestígio profissional.

Aos 21 anos, converte-se ao protestantismo e rompe com a família para casar-se com uma jovem quacker. Trabalha por conta na bolsa de valores e fica rico, o que lhe permite dedicar-se à leitura, principalmente de textos sobre matemática, química e geologia.

Influenciado pelas idéias do economista inglês Adam Smith, aprofunda o estudo das questões monetárias. Em Princípios de Economia Política e Tributação (1817), expõe suas principais teses. Defende a livre competição no comércio internacional, com a especialização dos países na produção de determinados bens, o que beneficiaria compradores e vendedores.

Sua teoria do trabalho, pela qual o valor de um bem é determinado de acordo com o trabalho necessário a sua produção, é considerada a contribuição mais importante para a ciência que criou. Elege-se em 1819 para o parlamento, no qual defende projetos liberais e reformistas.Morreu em Londres.

Nossa opinião: David Ricardo é uma leitura indispensável para entender a composição de preços e valores. Entretanto, vale dizer que Ricardo pregava que quanto mais terras os proprietários tivessem, maiores seriam seus lucros e os salários pagos aos empregados permaneceria o mesmo. Desta forma, nasce a máxima: "O crescimento econômico é o que importa". Então, no plano do desenvolvimento, o econômico é bom e o social é ruim.

Download do texto completo: http://www.4shared.com/file/32333722/421c2604/David_Ricardo_-_Princpios_de_Economia_Poltica_e_Tributao.html?s=1

Um comentário:

Deixe aqui sua crítica, pedido ou sugestão. Obrigado.