Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

terça-feira, 10 de maio de 2011

Os Tempos Hipermodernos - Gilles Lipovetsky



Os Tempos Hipermodernos - Gilles Lipovetsky

Este livro aprofunda suas idéias sobre a hipermodernidade e a angústia do homem contemporâneo frente à liberdade de escolha oferecida por esta 'segunda modernidade'. Lipovetsky afirma que os três aspectos fundamentais da modernidade - o mercado, o indivíduo e os avanços técnico-científicos - se intensificaram a partir dos anos 50 e desde os anos 80, com a escalada da globalização, passaram a interferir diretamente nos comportamentos sociais. O filósofo aponta os paradoxos do presente, destacando a fragilidade do indivíduo, que é ao mesmo tempo mais autônomo e mais frágil.

Download do livro: Clique aqui!

Como Ler um Texto de Filosofia - Antonio Joaquim Severino



Como Ler um Texto de Filosofia - Antonio Joaquim Severino

Ler e compreender o sentido das palavras é uma tarefa bem mais complexa do que assimilar meras informações contidas em um texto. Esse processo torna-se ainda mais profundo quando a leitura aborda conteúdos filosóficos. Filosofar é, pois, uma experiência intelectual, um exercício de nossa faculdade de pensar as coisas, de aprender os seus sentidos, de buscar a significação que elas têm para nós, analisa Antônio Joaquim Severino. É preciso que incorporemos algumas orientações, pois a leitura de textos científicos e filosóficos não é um procedimento espontâneo: ele exige uma intervenção mais sistemática para a decodificação do texto do que quando se trata de textos literários, nos quais a apreensão da mensagem apóia-se mais na nossa familiaridade com a linguagem coloquial e em nossa imaginação, explica o autor. Como ler um texto de filosofia apresenta um material que permite um contato mais aprofundado com os pensadores e o desafio de mostrar aos leitores que a filosofia está inteiramente ligada as suas vidas.

Download do livro: Clique aqui!