Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Violência na Sociedade Contemporânea - Maria da Graça Blaya Almeida (Org.)


A Violência na Sociedade Contemporânea - Maria da Graça Blaya Almeida (Org.)

A violência não é um estigma da sociedade contemporânea. Ela acompanha o homem desde tempos imemoriais, mas, a cada tempo, ela se manifesta de formas e em circunstâncias diferentes. Não há quem não identifque uma ação ou situação violenta, porém conceituar violência é muito difícil visto que a ação geradora ou sentimento relativo à violência pode ter significados múltiplos e diferentes dependentes da cultura, momento e condições nas quais elas ocorrem.

Download do livro: Clique aqui!

O Principe de Maquiavel e Seus Leitores - Arnaldo Cortina



O Principe de Maquiavel e Seus Leitores - Arnaldo Cortina

Apreender a principal obra de Maquiavel como texto. Esta perspectiva leva Arnaldo a Cortina a analisar os mecanismos intra e interdiscursivos que operam nas leituras d'O príncipe. Partindo do contexto do aparecimento da obra e da apresentação dos recursos argumentativos que a estruturam, Cortina passa em revista os diferentes procedimentos que possibilitam múltiplas interpretações de um texto para demonstrar como eles podem abranger a trajetória de um dos grandes clássicos da filosofia política.

Download do livro: Clique aqui!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Arte e Psicanálise - Tania Rivera


Arte e Psicanálise - Tania Rivera

Nascidas na mesma época, a psicanálise e a arte do século XX desde então se atraem, se distanciam e se esbarram, às vezes desastradamente. Esse livro analisa os fascinantes encontros e desencontros entre essas duas formas de manifestação e compreensão do homem.

Download do livro: Clique aqui!

Luz Neon – canção e cultura na cidade - Waldenyr Caldas


Luz Neon – canção e cultura na cidade - Waldenyr Caldas

O livro retrata a metrópole vista por seus marginalizados - sua bohème - numa perspectiva invertida: são eles centro e não periferia. Nesta publicação, a cidade aparece através de músicas que dão a conhecer seu "caráter" e os destinos aleatórios de seus habitantes. Conjugando a imagem convencional de uma cidade de "imigração" do "futuro" com a radiografia do incosciente coletivo, este trabalho revela, na solidão anônima de seus habitantes em trânsito, o paradoxo da ânsia de auto-reconhecimento e pertencimento, e o igual desejo de expatriamento e êxodo.

Download do livro: Clique aqui!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

William James - Pragmatismo


William James - Pragmatismo

William James faz alusão a alguns princípios filosóficos de modo a situar melhor o pensamento pragmático. Na primeira conferência ele afirma que a definição pessoal em determinadas linhas filosóficas é uma questão de temperamento. Com isso, define 2 temperamentos básicos: do espírito duro e do espírito tenro.

Download do livro: Clique aqui!

Outsiders - Estudos de Sociologia do Desvio - Howard Becker


Outsiders - Estudos de Sociologia do Desvio - Howard Becker

Desde que foi lançado, no início dos anos 1960, Outsiders se transformou em leitura obrigatória. Escrito pelo renomado cientista social americano Howard Becker, propõe uma nova interpretação a respeito do que na época se considerava "comportamento social patológico". Apresentando uma original pesquisa de campo feita entre usuários de maconha e músicos de jazz, o autor introduz a noção de outsiders para abranger uma série de grupos cujo comportamento é considerado desviante pela sociedade "normal". Mostra ainda que tais grupos têm suas próprias regras e seus conceitos de normalidade.

Download do livro: Clique aqui!

terça-feira, 27 de setembro de 2011


Micropolítica: Cartografias do Desejo - Felix Guattari e Suely Rolnik

Reflexões dos autores, após uma série de viagens e encontros, com o Brasil que surgia em 1982. Um país em que a campanha eleitoral revitalizava a sociedade brasileira e o inconsciente dos cidadãos.

Download do livro: Clique aqui!

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo - Felix Guattari

Uma aventura intelectual pela filosofia, psicologia e política. Contém, em forma de estudos, diálogos, trechos de cartas, etc., análises sobre cultura, história, subjetividade, política, desejo, minorias, etc., numa ótica diferente, colocando questões que atravessam e remexem com vários campos do conhecimento.

Download do livro: Clique aqui!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Figuras da Imanência: Para uma leitura filosófica do I Ching, o clássico da mutação - François Jullien


Figuras da Imanência: Para uma leitura filosófica do I Ching, o clássico da mutação - François Jullien

Por meio do I Ching, o autor explicita conceitos fundamentais da milenar cultura chinesa e suas diferenças em relação à lógica ocidental, lançando um olhar de fora sobre a metafísica europeia.

Download do livro: Clique aqui!

O Desprezo das Massas - Ensaio sobre lutas culturais na sociedade moderna - Peter Sloterdijk


O Desprezo das Massas - Ensaio sobre lutas culturais na sociedade moderna - Peter Sloterdijk

Recorrendo a Nietzsche, Heidegger, Rorty, entre outros, Sloterdijk aborda uma relação problemática por excelência: os intelectuais e as massas. O desprezo das massas é um brilhante ataque que o filósofo alemão Peter Sloterdijk desfere contra o senso comum “ilustrado”, dada a asfixia do pensamento em exercícios diletantes das formas, amante de uma álgebra inútil.

Download do livro: Clique aqui!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A Geração da Utopia - Pepetela


A Geração da Utopia - Pepetela

Narrando a história da geração que sonhou com a independência de Angola e desejou construir um novo país, Pepetela propõe a si mesmo e a seus leitores, uma tomada de consciência que ultrapassa a palavra de ordem política. A obra foi escrita em 4 partes, que se passam em períodos de dez anos. O livro é a desconstrução desse mito da Utopia, quase de morte da esperança. "É um livro para dizer que o processo não foi tão linear como algumas pessoas ainda querem fazer crer, os problemas já estavam no passado". - Pepetela

Download do livro: Clique aqui!

Sobre Verdade e Mentira - No Sentido Extramoral - Friedrich Nietzsche


Sobre Verdade e Mentira - No Sentido Extramoral - Friedrich Nietzsche

Neste texto ditado a um amigo em 1873, Nietszche trata dos limites da verdade, ao ser traduzida por uma linguagem que se pretende neutra e isenta de qualquer recurso retórico. Para ele, a ciência, que postula a revelação da verdade, deixa-se enganar, ao supor um racionalismo ou a descrição como uma revelação. "Pois fosse esse o caso, teria de tornar patente, em algum lugar, a aparência ou o irreal." Por traz dos conceitos, conclui o autor, há sempre um edifício de metáforas que atinge diretamente nossos sentidos, e é um perigo ignorá-las. "A humanidade possui, no conhecimento, um belo meio para o declínio", conclui.

Download do livro: Clique aqui!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Um Enigma Chamado Brasil - André Botelho & Lilian Moritz Schwarcz


Um Enigma Chamado Brasil - André Botelho & Lilian Moritz Schwarcz

Desde os tempos do Império, inúmeros autores se dedicaram à complexa tarefa de decifrar o Brasil. De tradições e épocas diferentes, um sem-número de interpretações foi escrito sobre a formação social do país, cujos temas ainda hoje inspiram discussões entre os especialistas. Nessa coletânea de artigos, 29 intérpretes do Brasil são analisados à luz de suas principais ideias e sob o ponto de vista de importantes pesquisadores contemporâneos. Alguns nomes consagrados, como Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de Hollanda, unem-se a outros, não tão famosos mas com importantes trabalhos sobre o Brasil, como Oliveira Vianna, Manoel Bomfim e Octavio Ianni.
Escrita em linguagem acessível mas sem perder de vista a complexidade do tema, a obra estabelece um diálogo entre esses pensadores, suas obras e como suas ideias foram recebidas em determinados contextos. O resultado é uma compilação crítica que percorre o pensamento social em diferentes gerações: desde aqueles que se debruçaram sobre a construção do Estado durante o Império até os ensaístas clássicos da década de 1930, passando pelos teóricos do racismo científico, seus críticos na Primeira República, os modernistas nos anos 1920 e, finalmente, a geração pioneira dos cientistas sociais e seus primeiros discípulos.
Ao reunir esses autores, Um enigma chamado Brasil propõe contribuir para o debate contemporâneo e introduzir aos estudantes e entusiastas do tema ideias fundamentais para o entendimento da sociedade brasileira.

Download do livro: Clique aqui!

Dicionário Crítico De Política Cultural - Jose Teixeira Coelho Netto


Dicionário Crítico De Política Cultural - Jose Teixeira Coelho Netto

Multiculturalismo, valor cultural, globalização cultural, gosto, etc. No total, 205 termos são aqui discutidos (e 661 outros contextualizados) numa sequência de verbetes que se remetem uns aos outros, gerando um cenário de conceitos orgânicos que discutem criticamente a Política Cultural. Esse dicionário pioneiro no gênero aborda ao mesmo tempo a dinâmica cultural e abre espaço para considerá-la sob a ótica dos estudos do imaginário, não mais apenas da sociologia ou da política.

Download do livro: Clique aqui!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Breve História do Rio Grande do Sul - Fábio Kühn


Breve História do Rio Grande do Sul - Fábio Kühn

De forma simples e sintética Kühn registra os episódios marcantes da formação histórica do Rio Grande do Sul. O seu texto abrange as origens do povoamento, a conquista do território, as guerras intestinas, e a vida social, política e econômica da província rio-grandense.

Download do livro: Clique aqui!

A Cultura da Midia – Douglas Kellner


A Cultura da Midia – Douglas Kellner

a função desempenhada pelas mídias na sempre mutante circunstância contemporânea demanda a utilização de métodos e reflexões analíticas cada vez mais rigorosas. É nesse dilema e nessa postura crítica que se coloca Douglas Kellner, em A cultura da mídia – estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno, obra na qual disponibiliza um panorama da cultura da mídia, com destaque para seus mecanismos e técnicas manipulativas de impor normas de pensamento, de ser, de sonhar e de se colocar frente a certos comportamentos. É como se a população – ou as massas – fosse um bando de fantoches.

Download do livro: Clique aqui!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A Família - Jacques Lacan


A Família - Jacques Lacan

“Sem fazer psicanalismo, ou seja, identificar o comportamento das sociedades ao dos indivíduos, ou explicar aquelas por estes; limitando-se ao seu campo, ou seja, os mecanismos do pequeno ser que pós-parido por mãe humana fazem um cidadão, Lacan dá-nos com este texto uma base larga e segura a partir da qual não podemos deixar de ser profundamente materialistas ou, empregando uma expressão de raiz lacaniana, profundamente realistas.” Maria Belo

Download do livro: Clique aqui!

Português do Sul do Brasil - Leda Bisol e Gisela Collischonn (Orgs.)


Português do Sul do Brasil - Leda Bisol e Gisela Collischonn (Orgs.)

Este livro busca expor melhor os diferentes sotaques existentes nos três estados da Região Sul do Brasil.

Download do livro: Clique aqui!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Dois Tratados do Governo Civil - John Locke


Dois Tratados do Governo Civil - John Locke

John Locke foi uma das figuras maiores da civilização ocidental moderna. Locke foi o pensador da subjetividade, dos direitos naturais, da crítica das ideias inatas, da tolerância religiosa, da separação radical entre o Estado e a(s) igreja(s), da liberdade racional, do governo representativo baseado no consentimento popular, da separação de poderes, da revolução contra a tirania, do direito de propriedade e do direito à acumulação de propriedade, do desenvolvimento econômico e tecnológico para a capacidade humana de transformação do mundo. Foi o filósofo da epistemologia, da política, da religião, da educação; o economista, o constitucionalista, o exegeta, o assessor político, o professor universitário e o médico. Com Dois Tratados do Governo Civil, Locke define um dos momentos mais importantes da história intelectual da Europa.

Download do livro: Clique aqui!

Vocabulário de Música Pop - Roy Shuker


Vocabulário de Música Pop - Roy Shuker

Este livro apresenta um glossário abrangente dos principais termos e conceitos usados no estudo da música pop e inclui definições sobre:
Gêneros musicais essenciais, do bhangra ao punk rock;
Subculturas musicais, dos hippies aos skinheads;
Metodologias, do marxismo ao pós-modernismo;
Termos musicológicos, da harmonia ao sampling;
Fenômenos musicais, dos grupos vocais femininos aos discos conceituais. Cada verbete inclui sugestões de leitura adicional, além de indicar conceitos relacionados.

Download do livro: Clique aqui!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

O Rural no Cinema Brasileiro - Célia Tolentino


O Rural no Cinema Brasileiro - Célia Tolentino

Neste livro, Célia Tolentino discute os aspectos rurais da cultura brasileira de acordo com a abordagem realizada pelo cinema nacional durante as décadas de 1950 e 1960. O período marca justamente a transição do Brasil rural para o urbano e de uma sociedade que vivia exclusivamente da agricultura para um país em que a economia industrial ganhava destaque. São estudados filmes com a atuação de Mazzaropi, como Candinho (1953) e Jeca Tatu (1959). Também merecem análise obras cinematográficas como Vidas secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos, e Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), de Glauber Rocha.

Download do livro: Clique aqui!

Decidindo o que é Notícia:os bastidores do telejornalismo - Alfredo Eurico Vizeu Pereira Junior


Decidindo o que é Notícia:os bastidores do telejornalismo - Alfredo Eurico Vizeu Pereira Junior

Atualmente a mídia, em particular o noticiário televisivo, ocupa um lugar central na sociedade. Dentro desse contexto, cada vez mais pesquisadores das universidades brasileira procuram estudar a importância do jornalismo que vem despertando um grande interesse não só nos alunos dos cursos de Comunicação, nos jornalistas, mas de um número cada vez maior de pessoas que procuram compreender de que forma o campo midiático influencia suas vidas.

O livro Decidindo o que é notícia: os bastidores do telejornalismo, é um bom exemplo dessa busca para entender os bastidores de um telejornal, procurando mostrar o jornalismo não como um espelho do mundo, mas como um fenômeno que constrói a realidade social.

Download do livro: Clique aqui!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ideias para uma Filosofia da Natureza - F. W. J. Schelling, Carlos Morujão (Trad.)


Ideias para uma Filosofia da Natureza - F. W. J. Schelling, Carlos Morujão (Trad.)

Resultado do interesse de Schelling pelos fenômenos naturais, na gênese da sua ruptura com a filosofia transcendental de Kant e Fichte, Ideias para uma filosofia da natureza explicam a natureza e a matéria a partir da intuição do espírito humano, como actividade de forças antagônicas em conflito: o mundo natural visível é o analogon do espírito invisível.

Download do livro: Clique aqui!

Manual de Investigação em Ciências Sociais - Luc Van Campenhoudt, Raymond Quivy


Manual de Investigação em Ciências Sociais - Luc Van Campenhoudt, Raymond Quivy

Concebido por especialistas, este livro responde a todas estas perguntas em com o auxílio de exemplos concretos, orientá-lo-á eficazmente na decomposição das étapas da sua investigação, fornecendo um panorama completo das técnicas e métodos disponíveis, propondo numerosos trabalhos de aplicação e descrevendo uma investigação na sua totalidade.

Download do livro: Clique aqui!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O Capitalismo Tardio - João Manuel Cardoso de Mello


O Capitalismo Tardio - João Manuel Cardoso de Mello

O Capitalismo Tardio é uma tese e uma história. Suas páginas desafiam uma hipótese sobre a constituição do capitalismo brasileiro e, ao mesmo tempo, contam a história intelectual do núcleo fundador do Departamento de Economia da Universidade de Campinas. Éramos todos cepalinos e, portanto, réprobos, num momento da vida brasileira e latino-americana em que a vitória do pensamento conservador e tecnocrático parecia definitiva. Éramos todos deserdados do debate político e social do pós-guerra que cessou, de repente, numa manhã de abril de 1964. Foi nesse grande silêncio que pudemos escutar com maior clareza as vozes que ainda teimavam em fazê-lo no exílio ou desterrados do meio de seu povo. - Do prefácio de Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo.

Download do livro: Clique aqui!

O Declínio da Idade Média - Johan Huizinga


O Declínio da Idade Média - Johan Huizinga

A presente obra é "Um estudo das formas de vida, pensamento e arte em França e nos Países Baixos nos séculos XIV e XV".
Publicada pela primeira vez em 1924, ainda hoje mantém todo o seu interesse. A um notável conhecimento histórico e a uma invulgar sensibilidade e compreensão da arte deste período e do modo como a cultura estava integrada na visão total do tempo, Johan Huizinga alia uma extraordinária capacidade de narrador.
Continuando a ocupar uma posição ímpar na Historiografia sobre o período, a obra hoje se reveste de uma dimensão suplementar, apresentando-se como ilustre ancestral de novos gêneros históricos como a História das Mentalidades e a História dos Comportamentos, que tanto têm sido cultivados pelos historiadores recentes.

Download do livro: Clique aqui!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

O Português Afro-Brasileiro - Dante Lucchesi et al


O Português Afro-Brasileiro - Dante Lucchesi et al

O que animou os mais de quinze anos de pesquisa em localidades remotas do interior do país e os esforços empreendidos na elaboração de análises linguísticas consistentes, cujo grande corolário é o livro O Português Afro-Brasileiro, foi resgatar a história linguística da grande maioria da população brasileira. Apesar de serem os protagonistas da construção das riquezas do país e do seu patrimônio cultural, esses brasileiros sempre foram discriminados e excluídos, tendo a sua voz calada ou recalcada pelo preconceito que se renova a cada dia, como um mecanismo poderosíssimo de dominação política e ideológica da maioria da população por uma minoria que envida todos os esforços para legitimar como única voz digna aquela que se submeta aos ditames da língua da ex-metrópole. Mesmo à custa de cultivar um profundo complexo de inferioridade linguística, porquanto os modelos de uso do português europeu são, em muitos aspectos, estranhos à realidade de uso da língua no Brasil, a submissão ao cânone coimbrão constitui uma alternativa histórica das classes dominantes brasileiras para engendrar um poderoso mecanismo ideológico de dominação e exclusão social, dirigindo toda a energia discricionária do preconceito para as marcas linguísticas mais notáveis do caráter pluriétnico da sociedade brasileira.

Download do livro: Clique aqui!

O Brasil e o Capital-Imperialismo - Teoria e História - Virgínia Fontes


O Brasil e o Capital-Imperialismo - Teoria e História - Virgínia Fontes

Certos temas são fundamentais para uma reflexão de esquerda em nossos tempos: as formas contemporâneas do modo de produção capitalista, o sistema internacional da dominação do capital, a dinâmica da luta de classes atual, as manifestações do inconformismo e do amoldamento da classe trabalhadora, a questão da democracia. Virgínia Fontes nos apresenta uma rica reflexão na qual articula todas estas dimensões na perspectiva de uma totalidade econômico-política daquilo que denomina 'capital-imperialismo'.

A originalidade deste trabalho — que é o culminar de uma extensa pesquisa e fruto do longo amadurecer de um debate que parte das reflexões acadêmicas da autora, mas que se tempera no profícuo debate político com a militância e resistência da classe trabalhadora diante das manifestações inquietantes de 'apassivamento' da rebeldia que marcou os anos 1970 e 1980 — consiste no paciente trabalho de articular as dimensões da determinação econômica próprias da essencialidade do capital e de seu irresistível processo de valorização do valor, com as diversas manifestações que passam a incidir em todo o tecido da vida social, cultural, ideológica e política da sociabilidade subsumida ao capital.

Download do livro: Clique aqui!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Monadologia e Sociologia - Gabriel Tarde


Monadologia e Sociologia - Gabriel Tarde

Neste livro são apresentados com maior sistematicidade os conceitos que, ainda na aurora do dogmatismo positivista, procuraram lançar o pensamento científico, filosófico e político da época em uma outra via. O livro contraria a principal pretensão do saber científico do início do século XX, ou seja, a descobrir as leis universais de ordenação e evolução do universo.

Download do livro: Clique aqui!

Filosofia Grega Pré-Socrática - Josué Pinharanda Gomes


Filosofia Grega Pré-Socrática - Josué Pinharanda Gomes

A filosofia tem uma história de mais de dois mil e quinhentos anos. Foi na Grécia Antiga que esta ciência surgiu e tomou as primeiras proporções. Embora vivessem em cidades-nações distintas e rivais entre si, os gregos conseguiram desenvolver uma comunidade única de língua, religião e cultura, que foi responsável pelo grande avanço da ciência na Idade Antiga. A genialidade grega foi responsável pelo avanço de diversas áreas do conhecimento, como artes, literatura, música e filosofia.

A filosofia grega pode ser dividida em três fases: período pré-socrático, socrático e helenístico. No período pré-socrático, a Filosofia foi utilizada para explicar a origem do mundo e das coisas ao redor. Os pré-socráticos buscavam um princípio que deveria ser presente em todos os momentos da existência de tudo. Os principais filósofos dessa fase foram: Tales de Mileto, Heráclito, Anaximandro, Xenófanes e Parmênides.

Com seleção de textos, tradução, introdução e aparato crítico de Josué Pinharanda Gomes, apresentam-se neste livro os textos integrais dos filósofos pré-socráticos e suas diferentes escolas: a Cosmogonia remota, as Escolas Jônica, Itálica, Eleática e Abderítica e a Sofística.

Download do livro: Clique aqui!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Elementos de Semiologia - Roland Barthes


Elementos de Semiologia - Roland Barthes

Resultado de cursos ministrados por Roland Barthes, estes "Elementos de Semiologia" desde logo traem, na maneira sistemática e bem dosada com que apresentam a matéria, sua natureza didática. Partindo do princípio de que, afinal de contas, "o mundo dos significados não é outro senão o da linguagem", Barthes mostra como é natural à Semiologia valer-se dos conceitos analíticos da Lingüística. Assim é que o livro está dividido em quatro grandes partes, correspondentes a rubricas oriundas da Lingüística Estrutural. Por meio dessas rubricas, Barthes dá ao leitor uma instigante visão geral do campo de estudo da Semiologia e dos instrumentos teóricos por via dos quais se pode realizar a pesquisa semiológica.

Download do livro: Clique aqui!


A Sociabilidade do Homem Simples - José de Souza Martins


A Sociabilidade do Homem Simples - José de Souza Martins

É nos limites, nos extremos da realidade social, que a indagação do cientista se torna fecunda. A explicação sociológica é incompleta e pobre se não passa pela mediação do insignificante. O relevante está no ínfimo, na vida cotidiana fragmentária e aparentemente sem sentido. Este livro, escrito por um dos mais importantes sociólogos brasileiros contemporâneos, trata da vida social, do imaginário e da visão de mundo do homem simples e cotidiano.

Download do livro: Clique aqui!


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Como as Instituições Pensam - Mary Douglas


Como as Instituições Pensam - Mary Douglas

Apoiando-se nos fundamentos teóricos de Emile Durkheim e Ludwick Flek, para os quais a verdadeira solidariedade só é possível quando os indivíduos compartilham categorias de pensamento, a autora empenha-se em esclarecer como o pensamento depende das instituições e discutir temas como solidariedade e cooperação. A escolha teórica é deliberadamente polêmica, visto que contradiz os axiomas básicos do comportamento racional, segundo os quais cada pensador é considerado como um indivíduo soberano. Mary Douglas investiga diferentes sociedades e comunidades e suas relações com as instituições, concluindo que os indivíduos compartilham seus pensamentos e harmonizam suas preferências, mas são as instituições que determinam a tomada das grandes decisões.

Download do livro: Clique aqui!

Quatro Tradições Sociológicas - Randall Collins


Quatro Tradições Sociológicas - Randall Collins

As quatro tradições selecionadas nesta obra não são as únicas áreas da Sociologia que apresentam um desenvolvimento cumulativo e que fizeram progressos em termos de uma maior sofisticação teórica. Contudo, elas têm a prerrogativa de serem consideradas como as tradições nucleares da Sociologia. Elas são caracterizadas por uma continuidade ao longo do tempo e por uma profundidade de pensamento, às quais poucas teorias conseguem equiparar-se. Desta forma, Quatro Tradições Sociológicas oferece um quadro geral acerca do progresso feito pela Sociologia no decorrer das quatro ou cinco gerações que se sucederam desde seu surgimento.

Download do livro: Clique aqui!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Nietzsche Hoje? - Scarlett Marton (Org.a)


Nietzsche Hoje? - Scarlett Marton (Org.a)

Ao longo dos tempos, o pensamento de Nietzsche foi evocado pelos mais diferentes grupos e para os mais diversos fins. As divergências sempre marcaram as interpretações sobre esta obra polêmica. Para alguns, Nietzsche foi um dos precursores do nazismo, enquanto para outros é encarado com um pensador dos mais revolucionários. Há quem acredite que ele defendeu o ateísmo; e quem afirme que não passava de um cristão ressentido. Há ainda os que viram em Nietzsche o inspirador da psicanálise e os que o têm como verdadeiro crítico da ideologia. Trata-se de um autor misógino? De um pensador iconoclasta? De um autor, sobretudo, contraditório?

Download do livro: Clique aqui!


Recordar Foucault - Renato Ribeiro (Org.)


Recordar Foucault - Renato Ribeiro (Org.)

Livro que trata dos textos de Michel Foucault e organizado por Renato Ribeiro.

Download do livro: Clique aqui!


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O Olho da Universidade - Jacques Derrida


O Olho da Universidade - Jacques Derrida

"Não há lugar neutro ou natural no ensino." Essas palavras de Jacques Derrida dão a tônica de uma reflexão que se impõe nesses tempos de instrumentalização, ou "finalização" da Universidade, como diria ele. Não se trata de ser fundamentalmente contra um ensino permeável à tecnologia e aos fins econômicos, mas sim de saber onde termina a responsabilidade do pesquisador e onde se inicia a cooptação. De qualquer forma, o que é a responsabilidade na Universidade? É responsável discutir esta responsabilidade? Quem tem o direito de fazê-lo? Segundo Derrida, que retoma um Kant "atual e casto" e mergulha em seu Conflito das Falculdades, "a Universidade está aí para dizer o verdadeiro, para julgar, para criticar no sentido mais rigoroso do termo, a saber, para discernir e decidir entre o verdadeiro e o falso; e, se ela também está habilitada a decidir entre o justo e o injusto, o moral e o imoral, é porque a razão e a liberdade de juízo estão implicadas."

Download do livro: Clique aqui!


Foucault Hoje? Andre Queiroz e Nina Velasco Cruz (Org.)


Foucault Hoje? Andre Queiroz e Nina Velasco Cruz (Org.)

Foucault Hoje? reúne os artigos apresentados em um colóquio realizado na UFF em 2005 sobre a obra do grande pensador francês. Além de textos de pesquisadores brasileiros, tais como Italo Moriconi e Ieda Tucherman, o livro traz ainda uma tradução inédita em português de um texto de Félix Guattari, em que dialoga com o vasto aparato conceitual foucaultiano.

Download do livro: Clique aqui!