Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Filosofia e seu ensino - Paulo Arantes (Org.)


Filosofia e seu ensino - Paulo Arantes (Org.)

Em cinco artigos, renomados professores universitarios refletem quanto a tarefa do filósofo na construção do saber contemporâneo.

Download do livro: Clique aqui!

Lukács e a crítica da filosofia burguesa - João Paulo Netto


Lukács e a crítica da filosofia burguesa - João Paulo Netto

Este livro foi originalmente redigido em princípios de 1976, ainda no Brasil, quando o autor preparava uma coletânea de textos que deveria intitular-se Introdução a Lukács. Circunstâncias várias e realmente constrangedoras obrigaram ao (provisório) abandono deste projeto. No conjunto inicialmente planejado, Lukács e a Crítica da Filosofia Burguesa tinha por objetivo, valendo-se prioritariamente de citações do pensador húngaro, explicitar o posicionamento do que se considera o quarto clássico do marxismo frente à produção filosófica burguesa mais significativa dos séculos XIX e XX — posicionamento referido à obra madura de Lukács. Balizava aquele objetivo uma preocupação quase didática: pretendia-se que a exposição fosse acessível a uma audiência interessada, mas desprovida de informações especializadas sobre a temática. Daí o tom necessariamente declarativo do ensaio, onde, todavia, se procurou não sacrificar o rigor documental no altar da simplicidade. Além do Excurso sobre a Ontologia do Ser Social, escrito em janeiro de 1977, e algumas alterações formais, Lukács e a Crítica da Filosofia Burguesa sai à luz sem qualquer modificação considerável, conservando as suas limitadas pretensões, apenas acrescido de uma cronologia que situa historicamente o filósofo húngaro.

Download do livro: Clique aqui!