Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Urgência das Ruas - Ned Ludd



Urgência das Ruas - Ned Ludd

Este livro não é sobre o "movimento antiglobalização". Tal movimento foi
criado na tela da TV e nas colunas dos jornais burgueses. Infelizmente, cada vez mais pessoas que têm protestado nas ruas do mundo estão assumindo essa identidade forjada pela mídia, delegando assim explicitamente esse poder a ela. A definição dos próprios termos da discussão, impondo assim limites a uma suposta dissidência, é o próprio diagnóstico da saúde de qualquer relação de poder.
Ele também não pretende ser um retrato totalizante dos grupos e pessoas - seus pensamentos e formas de ação - que têm ocupado as ruas de Seattle, Washington d.C., Londres, Praga, Quebec, Gênova. Apreender tamanha diversidade exigiria uma enciclopédia e não apenas um volume, se é que tal empreendimento é possível. Reduzir a complexidade da vida transformando-a em produto para o consumo de espectadores é a especialidade da mídia. Deixemos esse trabalho sujo a ela.

O fenômeno das manifestações-bloqueio em encontros dos gestores do capitalismo internacional, ou mais genericamente os Dias de Ação Global, que têmimpedido e perturbado as reuniões de instituições reguladoras do capitalismo global - como a Organização Mundial do Comércio (OMC), o Banco Mundial (BM), o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) - nos países da Europa e da América do Norte, gerando verdadeiras batalhas nas ruas, tem sido um fator importante de deslegitimação, senão das instituições capitalistas como um todo, ao menos do pensamento econômico neoclássico que tempautado de forma absolutista as políticas ditadas pelo BM, FMI, OMC, BID.

Os textos apresentados aqui formam uma coletânea de relatos, comunicados, artigos e entrevistas de participantes de "grupos" anticapitalistas e antiautoritários com presença ativa, importante, destacada, e muitas vezes polêmica, nas manifestações bloqueio e nos Dias de Ação Global. Além de apresentar, documentar e difundir as idéias e as práticas destes grupos anticapitalistas, os textos coletados buscam contar um pouco da participação e das idéias de dois deles em especial: o carnavalesco Rec1aim The Streets inglês, e os "malditos" Black Blocks.

Download do livro: Clique aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua crítica, pedido ou sugestão. Obrigado.