Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Forças Armadas, Para Quê? - Oliveiros S. Ferreira



Forças Armadas, Para Quê? - Oliveiros S. Ferreira

Forças Armadas, para quê? é um dos capítulos que integram o presente volume, escolhido para o título geral da obra, por seu poder imanente de afirmar a presença do Poder Militar, de cuja atuação cada vez mais o Brasil sente a inadiável necessidade de compreender, para integrá-lo definitivamente como um dos segmentos inafastáveis de sua estrutura social, resultando daí, portanto, parâmetros amplos de sua atuação legítima, em toda e qualquer circunstância.

Matéria que traz em si gigantesco potencial polêmico, indiscutivelmente para abundante meditação, e que deverá fazer surgir mesas-redondas, seminários, debates, tudo fundamentado na seriedade de um trabalho científico — e apaixonante, por que não? —, como costuma ser a elaboração intelectual de Oliveiros S. Ferreira, cujo objetivo é sempre um: o de levar o Brasil a encontrar o seu caminho próprio, capaz de situá-lo, definitivamente, junto às grandes Nações que fazem a História — conduzindo-a. E na certeza de que, assim não procedendo, simplesmente integraremos, de modo irremediável, a farândula daqueles países marginalizados pela incúria de suas pseudo-elites, cuja incompetência, ao guiá-los, faz com que permaneçam mergulhados no atoleiro dos subdesenvolvidos, de difícil e dolorosa compreensão para os que aí se mantêm sufocados.

Download do livro: Clique aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua crítica, pedido ou sugestão. Obrigado.