Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Texto/Contexto II - Anatol Rosenfeld



Texto/Contexto II - Anatol Rosenfeld

Anatol Rosenfeld (1912 - 1973) Dos vários intelectuais judeus que se estabeleceram no Brasil com a ameaça nazista na Europa, Anatol Rosenfeld (nascido em Berlim em 1912) chegou ao país em 1937. Em seus primeiros tempos no Brasil, Rosenfeld foi colono de fazenda e depois mascate, atividades que o puseram em contato com diferentes setores da população. Acabou por fixar-se em São Paulo, onde participou do debate intelectual e acompanhou o movimento teatral brasileiro da década de 1960. Seu domínio do idioma português foi rápido. Em pouco tempo Rosenfeld se tornou colaborador dos jornais ´O Estado de São Paulo´, ´Anhembi´ e ´Correio Paulistano´. Escreveu textos críticos sobre, entre outros, Mário de Andrade, Augusto dos Anjos, Graciliano Ramos, Jorge Amado, Lima Barreto, Osman Lins, Dias Gomes e Plínio Marcos, ensaios reunidos em ´Doze estudos´ (1959). O teatro brasileiro foi tema de ´O mito e o herói no teatro brasileiro´. Suas interpretações da cultura brasileira em ´Negro, macumba e futebol´ foram escritas para uma revista alemã. Escreveu também um curioso livro sobre ´Mistificações literárias´, em que analisa o documento antijudaico conhecido como ´Protocolos dos sábios de Sião´. Anatol Rosenfeld morreu em São Paulo, em 11 de dezembro de 1973.

Download do livro: Clique aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua crítica, pedido ou sugestão. Obrigado.