Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Elegia para uma Re[li]gião - Francisco de Oliveira



Elegia para uma Re[li]gião - Francisco de Oliveira

Neste estudo de um caso curioso e sin­tomático, Francisco de Oliveira trata de ver como a peculariedade duma política regional, a implantação da SUDENE - a tentativa mais estruturada de coordenar o desenvolvimento do Nordeste - se resolve
no movimento de reprodução do capital no Brasil. O particular se esgarça assim num feixe de determinações abstratas, as quais se cruzam para gerá-lo. Daí o desen­ canto daqueles que buscarão neste ensaio a narração duma estória, pois vão encon­ trar tão-somente uma história armada pelo capital. Mas se a singularidade se esfumaça para frisar o movimento do uni­versal, nem por isso o caso SUDENE per­ de seu relevo: o empreendimento de ho­mens, tecidos por intenções, violência e paixão, exemplifica o drama da interven­ ção do Estado capitalista. O projeto mais imaginoso e refletido se converte numa arma que o capital, sediado no CentroSul, dispara com o fito de absorver, no seu movimento de reposição, uma fímbria econômica e social, que se desdobrava em outro ritmo. Fracassa o empenho das classes populares, encarnadas na figura do Governo Arrais, mas esse fracasso, que as contém em limites convenientes, é o instrumento pelo qual a velha oligarquia é solapada. Aqui nasce a dimensão trágica deste caso: o projeto de homens é tritura­do pelas maxilares do destino.

Download do livro: Clique aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua crítica, pedido ou sugestão. Obrigado.