Notícia Importante

Amigas e Amigos,

Alguns blogs vem sendo apagados repentinamente pelo Google. Esperamos que isso não aconteça com este blog, pois nossa tarefa aqui é a de oferecer informação e reflexão. Desta forma, como precaução e na perspectiva de continuar a disseminar as vertentes instrumentalizadas em forma de livros, revistas e artigos que existem e promovem o desenvolvimento, recomendamos que insira em seus favoritos nosso endereço paralelo:


Desenvolvimento em questão


Faça os Pedidos e Avisos de Links Quebrados em Comentários no WordPress


Atenciosamente,

Marcos Paulo

domingo, 11 de outubro de 2009

Status, Cor e Desigualdades Socioespaciais nos Grandes Espaços Urbanos Brasileiros - Observatório das Metrópoles



Status, Cor e Desigualdades Socioespaciais nos Grandes Espaços Urbanos Brasileiros - - Observatório das Metrópoles

Este relatório tem como objetivo apresentar um estudo que procura avaliar a relação entre status social e cor na explicação da segregação residencial e nas desigualdades sociais nos grandes espaços urbanos brasileiros. O objetivo geral é responder à seguinte questão: em que medida as desigualdades sociais verificadas entre os segmentos brancos, pretos e pardos no espaço urbano decorrem das diferenças das condições sociais entre os territórios definidos pelas áreas de ponderação ou das desigualdades “raciais” já descritas por outros pesquisadores? De maneira mais precisa, o interesse é saber se uma pessoa de cor preta ou parda desfruta da condição social em termos de oportunidades e de acesso a certos elementos de bem-estar urbano e de oportunidades, independente de estar vivendo em um espaço de maior ou menor status social, ou se, ao contrário, o status social do espaço residenci al é o filtro pelo qual as oportunidades e o bem-estar social urbano são distribuídos desigualmente entre os grupos de cor.

Download do estudo: http://www.4shared.com/file/140058940/213de3bd/status_cor_e_desigualdades_socioespaciais_espaos_urbanos_brasileiros.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua crítica, pedido ou sugestão. Obrigado.